quarta-feira, abril 29, 2009

Palavras!

Aqui me encontro onde sempre estive, procurando a correcção nas palavras para dizer o que sempre senti e onde tantas vezes me pareceu sentir aceite.
Custa-me perceber que o alcance das mesmas pareça por vezes perdido no espaço, pouco se prolongue pela cruel acção do tempo nas nossas vidas e que raras sejam as vezes em que se tomem como exemplo de meditação.
Não o faço pela razão, por uma questão de obrigatoriedade de regras a seguir, mas tão somente pelo coração que nelas emprego, pela devoção que as mesmas me fazem mover… Rejo-me e por elas me deixo governar, não me importando com a antiguidade que delas advenha, pelo conteúdo que delas surja, pela mensagem que as mesmas possam transmitir. Talvez o maior erro, seja por ser um homem de palavra, de uma só palavra onde todas as outras se encaixam por um conjunto ordenado de letras e de regras…
No fundo, não pretendo ser o único nem apenas mais um pregador de uma espécie de doutrina, de uma forma erudita de uma crença em que no fundo nada mais pareça ter, do que uma paixão exacerbada por aquilo que defendo.
Tantas, mas tantas vezes conto os pedaços de papel amarrotados que semeio no meu intrépido chão, quando as minhas letras não conseguem transmitir os meus reais sentimentos… Revolta-me, consome-me, mata-me, embora nunca deixe de tentar uma e outra vez. Recomeço, insisto e assim permaneço!
Inspiro-me, interrompo-me, apago e reescrevo, irrito-me e altero o que me parece errado, sorrindo sempre com o orgulho daquilo que fielmente consigo transmitir…
Difícil, é conseguir comunicar na frieza dos caracteres, toda a verdade que a nossa mente reveste de sentimento. Talvez no fundo, nem me importe concretamente com o alcance que a minha ideia possa ter aos olhos dos outros, preferindo e regozijando-me sempre, que a principal realização e satisfação pessoal sejam minhas, tão somente pela sensibilidade que nas minhas palavras emprego.
Afinal, toda a minha vida fui e sempre serei apenas isso… Um homem de palavras e de palavra!

2 comentários:

Felina disse...

O resultado final é sempre estonteante

beijo

em.fusão disse...

Acorda as palavras em sedução de ti! Bj